Pensamento...

"Eu sou o Colombo da minha alma e diariamente descubro nela novas regiões." | Gibran Khalil Gibran.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

CULTIVANDO A PACIÊNCIA



Excertos do cap. 10, Cultivando a Paciência, do livro A Espiritualidade em Quadras:

A paciência é definida nos dicionários como sendo uma virtude que consiste em suportar as dores, incômodos, infortúnios, etc., sem queixas e com resignação. Talvez seja a virtude mais necessária para o momento psicológico em que atualmente se encontra a criatura humana.
Emergindo do caótico século XX, agitado por guerras e revoluções, o homem contemporâneo chegou na encruzilhada do seu destino, cabendo-lhe importantes decisões que irão nortear o curso posterior da sua História.
Pressionado por angústias e aflições de toda sorte, precisa ter muita paciência, refletindo com calma e sabedoria diante dos rumos que deve seguir, tendo o máximo cuidado para não resvalar, como já ocorreu em outras épocas, nos despenhadeiros da loucura e da auto-destruição.
O cultivo constante da paciência vai desenvolvendo uma consciência precisa dos limites e potenciais que temos, fazendo com que saibamos o momento certo de esperar mais um pouco ou de agir rapidamente diante de uma situação determinada, o que não é nada fácil.
[...]

terça-feira, 28 de setembro de 2010

CONTA SEMPRE COM DEUS

Nas dores extremas da tua vida,
No momento mais angustioso,
Perante a alma confrangida,
Conta sempre com Deus, Pai bondoso!

Ele te ofertará guarida
Quando o tempo for borrascoso
Acolhendo tua alma falida
Em Seu Coração, Pai generoso!

Caso tenhas caído, erga-te!
Conta sempre com Deus, levanta-te!
Vai, segue adiante, pioneiro!

Avança na direção da Glória!
Conquista a suprema Vitória!
Conta sempre com Deus, Altaneiro!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

VIVER COM PAZ E SABEDORIA

Conseguir viver a vida
Com paz e sabedoria
É o grande desafio
Do nosso dia-a-dia!

sábado, 25 de setembro de 2010

50 QUADRAS SOBRE JESUS


50 Quadras sobre Jesus apresenta quadrinhas sobre a vida, os exemplos e as lições da maior personalidade de todos os tempos. Segundo livro da série 50 Quadras..., pretende, através das quadrinhas que enfeixa, incentivar e promover a reflexão sobre Jesus e a qualidade da nossa relação com ele, mediante a prece, o comportamento alinhado com o bem, uma vida com propósitos elevados...
Livro de bolso (10 cm X 15 cm), tem 64 páginas, sendo de fácil leitura e entendimento.
Para os interessados, segue abaixo a reprodução do seu prefácio:
Maior personalidade de toda a História, Jesus segue desafiando a compreensão dos especialistas das mais diversas áreas do conhecimento humano.
Estudado por teólogos, sociólogos, psicólogos, historiadores etc., Jesus tem inspirado a elaboração de milhares de tratados enfocando Sua vida, Sua mensagem e Seu comportamento.
Provavelmente não há quem não O conheça, mesmo nas regiões do planeta refratárias aos seus ensinos.
É difícil explicar como uma pessoa que viveu há dois milênios exerça tamanho fascínio e tamanha influência sobre a atualidade!
Basta lembrar que aqueles que se dizem seus adeptos somam milhões...
A sua doutrina é a mais difundida no mundo, no entanto, parece não ser muito bem entendida e, menos ainda, aplicada na vida individual e coletiva.
Grande parte da Humanidade se diz cristã, conhece a doutrina cristã, mas não vive do mesmo modo que Jesus vivia.
As lições de amor, de solidariedade, de doação, de caridade, entre tantas outras exemplificadas por Jesus, estão distantes do dia-a-dia da maioria das pessoas.
Quantos há que Lhe dedicam suas preces de manhã ou de noite, mas que exploram seus semelhantes, que pisam em cima do seu próximo, que tratam os outros com raiva e agressividade...
Eis o paradoxo em que se encontra a Cristandade: conhece Jesus e, ao mesmo tempo, parece não conhecê-Lo.
Assim, nunca será demasiado refletir sobre Jesus objetivando uma aproximação da reflexão com a prática.
Este pequeno livro, não obstante a sua simplicidade, através de suas quadrinhas, pretende fazer um convite para observarmos e analisarmos melhor nossa relação com Jesus, propondo a vivência diária dos seus ensinos.
Lembrando que a felicidade verdadeira está na dependência do entendimento e da aplicação dos Seus princípios transcendentes no âmbito das complexas relações humanas.”

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

AUTOCORREÇÃO

Eu errei, reconheço,
Mas, quero me corrigir,
Quem jamais levantou
Depois de cair?!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O PODER DA ORAÇÃO



Excertos do cap. 9, O Poder da Oração, do livro A Espiritualidade em Quadras:

A prática da oração é fundamental para termos uma vida equilibrada e feliz.
Meio de nos comunicarmos com Deus, a oração, quando verdadeira, eleva e acalma, permitindo um diálogo aberto e franco, mediante o qual expomos nossas inquietações e fragilidades e recebemos, as vezes de um modo imperceptível, as orientações justas e seguras de que precisamos.
Possibilitando uma ligação íntima e profunda com Deus, a oração faz com que movimentemos as energias mais sutis e nobres que existem em nós, situando-nos nas dimensões superiores da nossa própria consciência. É justamente ali que se dá o nosso encontro com Deus.
A oração, deste modo, nada mais é do que a conexão consciente do nosso pensamento com o pensamento divino, que é o gerador e mantenedor de tudo o que existe.
Fazendo um minucioso estudo da oração, Allan Kardec concluiu que a sua eficácia e o seu poder repousam por completo no pensamento, em nada dependendo “(...) das palavras, nem do lugar, nem do momento em que seja feita. [Podendo-se], portanto, orar em toda parte e a qualquer hora, a sós ou em comum1”.
A oração prescinde de qualquer aparato exterior ou mesmo de uma postura corporal específica para que seja formulada, requerendo tão somente uma atitude de respeito e de introspecção.
[...]

_________________________________________
1KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. 120.ed. Rio de Janeiro: Federação Espírita Brasileira, 2002. p.483.

50 QUADRAS SOBRE DEUS

terça-feira, 21 de setembro de 2010

A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO



Na atualidade terrena
Amplia-se o conhecimento
Descortina-se o pensamento
A mente deixa de ser pequena!

Progresso sucessivo em cena
Incentivando o crescimento
Livrando-se do grande tormento
Da triste ignorância que dá pena!

Homem! avança com o estudo,
Busca a excelência em tudo,
Com persistência e dedicação.

Leia muito, estude, reflita,
Aprende, assimila, medita,
A fim de atingir a realização!

domingo, 19 de setembro de 2010

50 QUADRAS SOBRE DEUS



É com alegria e satisfação que comunico a publicação de mais um trabalho em quadrinhas. Não obstante a sua simplicidade, constitui para mim um livrinho muito importante, pois inaugura uma série nominada de 50 Quadras... Trata-se do primeiro volume de uma primeira trilogia. O seu título é 50 Quadras sobre Deus. Como o próprio título indica, apresenta 50 quadrinhas poéticas, todas elas refletindo sobre Deus a partir da perspectiva espírita. É um livro de bolso (10cm X 15cm) e possui 62 páginas. Nas duas próximas semanas estarei publicando os outros dois exemplares que completam esta primeira trilogia.
Abaixo, segue o prefácio do opúsculo:
O homem, desde sua origem na Terra, tem procurado a Deus.
Ergueu-Lhe os mais distintos templos em sua honra e louvor.
Formulou rituais complexos para servi-Lo.
Engendrou variados tipos de liturgias para cultuá-Lo.
Representou-O de mil modos diferentes com o objetivo de adorá-Lo.
Inventou milhares de nomes para designá-Lo.
Contemplando a sucessão dos séculos, no seio das religiões mortas e das que sobreviveram, nota-se que Deus ainda não foi encontrado.
O homem segue em sua incansável busca...
Todavia, aproximam-se os tempos da religião interior, nos quais o homem encontrará a Deus.
Compreenderá que nenhum templo, por mais venerável que seja, substituirá o próprio coração, onde Deus deve ser honrado e louvado.
Dispensará o concurso de qualquer ritual para servir a Deus mediante a vivência do bem, do amor, do belo...
Não aceitará outra liturgia além da liturgia da fraternidade, reunindo todos num sentimento de respeito e gratidão para cultuar a Deus.
Recusará qualquer forma de representação de Deus passando a adorá-Lo tão-somente em espírito e verdade.
Deixará de lado toda designação, por mais elaborada que seja, por entender que não há na linguagem humana um termo capaz de traduzi-Lo.
Quando tudo isto for realidade, a busca de Deus terá chegado ao fim, pois o homem O terá encontrado no lugar menos procurado: dentro de si mesmo.
Para que o tempo da religião interior chegue logo, propomos cinquenta quadrinhas sobre Deus, refletindo sobre os atributos da sua perfeição e fazendo o convite para encontrá-Lo na intimidade de nossa coração.”

A ESPIRITUALIDADE EM QUADRAS - SLIDES

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

INDICAÇÃO AO OSCAR 2011



Recebido via e-mail do DECOM do Centro Espírita Fé, Luz e Caridade, de NH.
Chico Xavier e Nosso Lar concorrem a indicação ao Oscar 2011.
Em uma iniciativa inédita, o Ministério da Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual, abre, de 8 a 20 de setembro, a votação pública para a sugestão do filme brasileiro a ser indicado para concorrer ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2011.
Ao final da votação a pontuação será publicada no site e enviada à Comissão de Seleção oficial (já confirmada com a Academy), composta por representantes do Governo, sociedade civil organizada e especialistas no setor.
A votação feita no site será uma indicação para auxiliar a Comissão na escolha do filme vencedor, portanto, uma votação indicativa, sendo a Comissão de Seleção responsável pela deliberação da indicação do filme nacional a concorrer ao oscar. O filme escolhido será divulgado no dia 23 de setembro, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo.
Os filmes Chico Xavier e Nosso Lar estão inscritos e concorrem a indicação de representação de filme brasileiro no Oscar 2011 de Melhor Filme Estrangeiro.
Para votar acesse:

Fonte: Ministério da Cultura

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

NO MUNDO TERRENO


Excertos do cap. 8, No Mundo Terreno, do livro A Espiritualidade em Quadras:
[…]
Se o mundo em que vivemos é de provas e de expiações, tudo o que nele ocorre apresentará esta característica, que marcará, não podemos nos iludir, todas as nossas experiências e relações. Isto é muito fácil de constatar, basta observarmos o nosso dia-a-dia, nossa vida familiar, nosso trabalho etc., que nos desafiam permanentemente, exigindo um esforço constante de paciência, compreensão e autossuperação.
Mesmo o mundo terreno possuindo características tão negativas, isso nunca impediu a ocorrência do belo, da bondade, da caridade, do amor, do sacrifício pessoal em prol de outrem, da doação de si mesmo, da entrega a um nobre ideal, de comportamentos elevados, de modos de vida superiores...
Jesus constitui o maior e melhor exemplo, veio ao mundo terreno e conheceu de perto as suas adversidades, demonstrando como viver nele sem deixar-se arrastar pelas suas influências inferiores, mantendo constantemente um idealismo superior, dando o seu melhor e esperando o melhor dos outros.
Quando vivermos no mundo do mesmo modo que Jesus viveu, teremos vencido a nós mesmos, a nossa animalidade e a nossa inferioridade, encontrando a solução para os problemas individuais e coletivos que tanto nos afligem. Quando este dia chegar, a Terra terá mudado de categoria evolutiva, aproximando-se das visões do paraíso, descritas nas mais diversas culturas.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

JENNY COCKELL - UMA SURPREENDENTE HISTÓRIA DE AMOR (Slides da palestra)

BRASIL - PÁTRIA AMADA



Oh! Minha Pátria Amada,
És de todos a esperança
De que inicies a mudança
Rumo a Terra melhorada.

Eis a hora marcada
De uma nova Renascença
Que porá fim na descrença
Dos que esperam o nada...

Desde há muito anunciada
Pelos Numes Tutelares
Dos complexos estelares
Aos quais está integrada

Terra, este é o ponto da virada,
Em que muitas transformações
Alterarão o cenário das nações
Em busca da realidade sonhada.

Portanto, acha-se configurada,
Em uma nova e ampla matriz,
A linha-guia que será a diretriz
Para a Nova Era tão esperada

Que será caracterizada
Por um tempo de paz, bondade,
Luz, fé, amor e prosperidade,
Com a Humanidade regenerada!

Compete a ti, oh! Pátria Amada,
Conforme os planos da Divindade,
Ser o imenso farol da Verdade
Sinalizando a nova alvorada...

Em tua missão elevada,
Sê fiel aos nobres ideais,
Espalha os ensinos espirituais
Tornando a Terra iluminada!

domingo, 5 de setembro de 2010

ORAÇÃO


A poesia abaixo é a melhor e mais bela versificação que conhecemos da inigualável oração ensinada por Jesus quando interrogado à respeito de como deveríamos orar, o Pai Nosso.
O seu autor espiritual, José Silvério Horta, foi sacerdote católico em sua última experiência terrena, que transcorreu em Mariana-MG, entre 1859 e 1933. Deixou obras poéticas cujo estilo se acha reproduzido em sua Oração, psicografada pelo médium Francisco Cândido Xavier, o que serve para confirmar a identidade do Espírito comunicante.
Como é gratificante e consolador tomarmos conhecimento de que as nossas ocupações na Terra não encontram solução de continuidade com a morte. Prosseguimos, do Outro Lado da Vida, tal qual somos, fazendo praticamente o mesmo que fazíamos aqui. Daí a necessidade de preenchermos nossas horas com ocupações dignas, nobres e úteis...

Oração

Psicografia do médium Francisco C. Xavier.
Autor Espiritual: José Silvério Horta.

Pai Nosso, que estás nos Céus,
Na luz dos sóis infinitos,
Pai de todos os aflitos
Deste mundo de escarcéus.

Santificado, Senhor,
Seja o teu nome sublime,
Que em todo Universo exprime
Concórdia, ternura e amor.

Venha ao nosso coração
O teu reino de bondade,
De paz e de claridade
Na estrada da redenção.

Cumpra-se o teu mandamento
Que não vacila e nem erra,
Nos Céus, como em toda a Terra
De luta e de sofrimento.

Evita-nos todo o mal,
Dá-nos o pão no caminho,
Feito na luz, no carinho
Do pão espiritual.

Perdoa-nos, meu Senhor,
Os débitos tenebrosos,
De passados escabrosos,
De iniquidade e de dor.

Auxilia-nos, também,
Nos sentimentos cristãos,
A amar nossos irmãos
Que vivem longe do bem.

Com a proteção de Jesus,
Livra a nossa alma do erro,
Sobre o mundo de desterro,
Distante da vossa luz.

Que a nossa ideal igreja
Seja o altar da Caridade,
Onde se faça a vontade
Do vosso amor... Assim seja.

XAVIER, Francisco C. (Espíritos Diversos). Parnaso de Além Túmulo. 16.ed. Rio de Janeiro: Federação Espírita Brasileira, 2002. 464p. p.351-352.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

A LEI DE CAUSA E EFEITO E O INCONSCIENTE


Das sombras do passado nefando
Emergem recordações doridas
Experiências de outras vidas
Do Inconsciente despertando

Medo, culpa, angústia, desando,
Ressentimento, mágoas sofridas,
Do ontem para o hoje vertidas,
Seguem no presente operando.

É a Lei de Causa e de Efeito
Atuando de modo perfeito
Na regulação do Universo

O bem ou o mal que aqui se faz
A vida sempre pega e nos traz
Sendo princípio incontroverso.

Pesquisar